segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Não acredito em destino.
Destino é algo determinado. O futuro não pode ser premeditado, nem previsível, nem calculado, tampouco determinado.
Acredito que nossas atitudes podem transmutar certas realidades. O que vem após, na verdade, são as consequências do que plantamos... Nós quem trilhamos o caminho, a não ser que nos deixemos ao léu, tornando-nos estáticos. Aí sim culpamos o "tal destino".
Isso é apenas uma desculpa esfarrapada para nos pouparmos de agir.

2 comentários:

  1. Ná... está lindo o blog... PARABÉNS! bjo

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani.
    Obrigada!
    Seja sempre bem-vinda às visitas.. rs!
    Beijos!

    ResponderExcluir