domingo, 13 de março de 2011

Todos os momentos são efêmeros, mas em contrapartida, muitos deles são indeléveis. Isso é inegável. A perseverança, talvez seja uma das poucas virtudes incutidas à uma parcela das pessoas, que não é fugaz.
Quanto às verdades, nenhuma delas é absoluta, porque a verdade é individual. Não é possível generalizar os conceitos, pois por mais que o cerne da questão seja o mesmo, as opiniões sempre terão disparidade de idéias, mesmo que em ínfimas partes.

2 comentários:

  1. Só tenho a dizer que o seu eu, tanto quanto suas "entrelinhas" são admiráveis!

    Beijos
    Isabel Pakes

    ResponderExcluir